Dissertação de Mestrado:
Caracterização Microestrutural e Análise de Tensões Residuais Pelo Método do Furo Cego em Tubo de Seção Quadrada Com Costura

André Araújo Oliveira

PPGEM
Orientador
Profa. Marília Garcia Diniz , D.Sc., COPPE/UFRJ - Metalurgia e Materiais - Currículo LattesInformação Academica
Banca
* Profa. Marília Garcia Diniz , D.Sc., COPPE/UFRJ - Metalurgia e Materiais - Currículo LattesInformação Academica
Data - hora da defesa
01/01/2015
Resumo
Tensões residuais são uma das principais causas de falhas em componentes mecânicos submetidos a processos de fabricação. O objetivo do trabalho foi caracterizar microestruturalmente e medir as tensões residuais presentes em um tubo quadrado soldado por resistência elétrica de alta frequência. Para a caracterização microestrutural do material do tubo, foram utilizadas técnicas de microscopia óptica (MO), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e análise química quantitativa. Para a medição das tensões residuais, foi utilizado o método do furo cego, baseado na norma ASTM E837-08, onde rosetas (strain-gages) são coladas à peça para medir as deformações geradas devido à usinagem de um pequeno furo no local de medição. As deformações foram associadas às tensões residuais através de equações baseadas na Lei de Hooke. A caracterização revelou uma microestrutura composta basicamente de ferrita e perlita, típica de aços com baixo teor de carbono, corroborando com a especificação fornecida pelo fabricante. As tensões residuais encontradas foram trativas e mostraram-se elevadas, com alguns valores acima do limite de escoamento do material. Palavras-chave: tensões residuais, furo cego, strain-gage, tubo com costura.

Download do Trabalho