Dissertação de Mestrado:
Avaliação das Emissões Atmosféricas Causadas Por Motocicletas no Estado do Rio de Janeiro e Benefícios Ambientais do Uso de Tração Elétrica Destes Veículos.

Linha de Pesquisa:
Controle de Efluentes Líquidos e Emissões Atmosféricas

Daisy Lucid Duarte

PEAMB
Orientador
Prof. Luiz Artur Pecorelli Peres , D.Sc. 2000 - EFEI/Minas Gerais - Currículo LattesInformação Academica
Coorientador
Prof. Júlio Domingos Nunes Fortes , D.Sc. 2003 - ENSP/FIOCRUZ - Currículo LattesInformação Academica
Banca
* Luiz Francisco Pires Guimarães Maia-UFRJ-Participante Externo
* Prof. Luiz Artur Pecorelli Peres , D.Sc. 2000 - EFEI/Minas Gerais - Currículo LattesInformação Academica
* Prof. Gandhi Giordano , D.Sc. 2003 - PUC/RJ - Currículo LattesInformação Academica
* Prof. Ubirajara Aluizio De Oliveira Mattos , D.Sc. 1989 - FAU/USP - Currículo LattesInformação Academica
* Prof. Júlio Domingos Nunes Fortes , D.Sc. 2003 - ENSP/FIOCRUZ - Currículo LattesInformação Academica
Data - hora da defesa
05/04/2006
Resumo
A poluição atmosférica é um sério problema para os centros urbanos e que vem se agravando ao longo dos anos. No Brasil, as emissões atmosféricas cresceram rapidamente nas regiões metropolitanas, comprometendo a qualidade de vida dois seus habitantes. Esse cenário é na sua maior parte acentuada em decorrência da presença de veículos automotores a combustão interna. Tendo em vista o aumento crescente do número de motocicletas nestas regiões motivado pelos menores custos e a busca de uma maior mobilidade no tráfego, muitas vezes passa despercebido que por não sendo as mesmas, na sua grande maioria, equipadas com catalisadores, apresentam fatores de emissão maiores do que os veículos leves, representando assim, um grande impacto a ser estudado. O trabalho em pauta teve como objetivo avaliar as emissões destes veículos no estado do Rio de Janeiro e também estabelecer prognóstico e tendências dos cenários visualizados. Os resultados encontrados indicam a eficácia das regulamentações previstas peço PROMOT( Programa de Controle da Poluição do Ar por Motocicletas e Veículos Similares) no sentido de reverter o processo crescente de emissões a que estaria submetida a população. De maneira complementar, através da metodologia desenvolvida, foi verificado que a introdução de motocicletas elétricas no mercado brasileiro é bem-vinda e propícia, visto que é possível, mediante políticas públicas adequadas de incentivo a esta tecnologia, acelerar a melhoria da qualidade de vida e diminuir os custos dos danos sociais causados pela poluição do ar. Além disto, evidenciaram a necessidade da inclusão das emissões das motocicletas nos cálculos nos cálculos dos inventários, pois é significativa a sua influência no que se refere principalmente ao monóxido de carbono.

Download do Trabalho