Dissertação de Mestrado:
Estudo do Geóide no Estado do Rio de Janeiro Utilizando Triângulos de Delaunay Como Células Para Integração de Stokes

Matheus Boscardini Neto

GEOM
Orientador
Prof. Íris Pereira Escobar , D.Sc. em Ciências Geofísicas, USP, 1991 - Currículo LattesInformação Academica
Coorientador
Prof. José Carlos Penna De Vasconcellos , Doutor em Eng. Civil, EP-USP, Brasil. 2003. - Currículo LattesInformação Academica
Banca
* Prof. Íris Pereira Escobar , D.Sc. em Ciências Geofísicas, USP, 1991 - Currículo LattesInformação Academica
* Prof. José Carlos Penna De Vasconcellos , Doutor em Eng. Civil, EP-USP, Brasil. 2003. - Currículo LattesInformação Academica
* Prof. Orlando Bernardo Filho , Doutor em Eng. Elétrica, COPPE, UFRJ, 1999 - Currículo LattesInformação Academica
* Walter Hunberto Subiza Piña, D.Sc.,IBGE
Data - hora da defesa
24/08/2006
Resumo
São desenvolvidos programas para gerar informações que permitam estudar o geóide em qualquer área de interesse. Para verificar estes programas é construído um mapa geoidal do Estado do Rio de Janeiro, através da aplicação da fórmula de Stokes, definida em função das anomalias da gravidade. A integral de Stokes é calculada empregando­se a triangulação de Delaunay na área estudada, utilizando­se o conjunto de dados gravimétricos coletados na região. Esta informação é anexada aos dados da área oceânica e permite a obtenção da parcela relativa aos curtos e médios comprimentos de onda do espectro do geóide. A parcela referente aos longos comprimentos de onda é computada utilizando­se o modelo geopotencial GGM01C, completo até o grau 200. O efeito indireto das reduções gravimétricas é calculado através do Segundo Método de Condensação de Helmert. Palavras-Chave: Geoinformação, Geóide, Stokes, Delaunay, Grace.

Download do Trabalho