Dissertação de Mestrado:
Análise da Aplicação do Regulamento Técnico da Qualidade do Nível de Eficiência Energética no Prédio do Ibam

Linha de Pesquisa:
Fenômenos de Transporte

Esther Martin de Bernardo Roma

PPGEM
Orientador
Prof. Leopoldo Eurico Gonçalves Bastos Currículo LattesInformação Academica
Coorientador
Prof. Dr. Mauro Carlos Lopes Souza
Banca
* Prof. Leopoldo Eurico Gonçalves Bastos Currículo LattesInformação Academica
* Prof. Dr. Mauro Carlos Lopes Souza - Faculdade de Engenharia - UERJ
* Profa. Mila Rosendahl Avelino , DsC Coppe(Brasil), PósDoc Miami(EUA) - Currículo LattesInformação Academica
* Prof. Marcus Peigas Pacheco Currículo LattesInformação Academica
* Profa. Dra. Claudia Mariz de Lyra Barroso Krause - UFRJ - PROARQ/FAU
Data - hora da defesa
08/12/2010
Resumo
A racionalização do uso da energia elétrica nas edificações é um assunto atual e de grande importância face ao grande impacto ambiental produzido. O consumo de energia elétrica no Brasil nas edificações residenciais, comerciais, de serviços e públicas é bastante significativo. Calcula-se que quase 50% da energia elétrica produzida no país seja consumida não só na operação e manutenção das edificações como também nos sistemas artificiais, que proporcionam conforto ambiental para seus usuários como iluminação, climatização e aquecimento de água. O Regulamento Técnico de Qualidade do Nível de Eficiência Energética de Edifícios Comerciais e Serviços e Públicos, RQT-C do INMETRO surge como uma contribuição à etiquetagem do nível de eficiência energética das edificações de uso coletivo. Para a determinação da eficiência são considerados três requisitos: envoltória da edificação, sistema de iluminação e sistema de condicionamento de ar. Todos os requisitos têm cinco níveis de eficiência que variam de A (mais eficiente) até E (menos eficiente), que associados com algumas bonificações (uso da energia solar, ventilação natural, etc.) tornam possível a atribuição de uma classificação geral para o edifício em seu todo. Neste trabalho objetivou-se avaliar esse desempenho energético para o prédio do Instituto Brasileiro de Adminstração Municipal -IBAM, situado na cidade do Rio de Janeiro, de concepção modernista. Foi mostrado como as decisões arquitetônicas tomadas e o uso da ventilação natural podem influenciar na avaliação de sua eficiência energética. Palavras-chave: Eficiência energética. Etiquetagem. Regulamento.

Download do Trabalho