NOTÍCIAS

Ver Notícias

Feed RSS

Assinar Notícias

Modificar/cancelar assinatura

Assuntos das Notícias

Alocação de Salas de Aula - Graduação

Assuntos Gerais

Comunicados Administrativos

Concursos Públicos

Coordenação Acadêmica

Cursos (Pós e Extensão)

Defesas FEN

Editais de Fomento à Pesquisa

Entrevistas

Estágios, Empregos e Bolsas

Fotos

Opinião

Palestras, Seminários...

Todas as Notícias

Publicações UERJ

Informe UERJ

Revistas Online da UERJ

UERJ em Dia

UERJ em Questão

Links

Links Didáticos

Defesa: Geração Distribuída: Conceitos Gerais e Estudos Elétricos Baseados na Regulação

Criada em 06/07/2019 05:40 por maperna | Marcadores: defesa ELE evento fen

 

Título: Geração Distribuída: Conceitos Gerais e Estudos Elétricos Baseados na Regulação

Defesa: Faculdade de Engenharia (5º andar)
LOCAL: auditório RAV 62

Departamento de Engenharia Elétrica
Alunos: Letícia Estrela e Pedro Silveira, dia 9 de julho de 2019, 18h.  
Orientador: Prof. Carlos Aparecido Ferreira
 
 RESUMO 
  
Segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL (ANEEL, 2019), a geração distribuída no Brasil está em crescimento. No ano de 2018, a GD atingiu a marca de 57.686 unidades geradoras e potência instalada igual a 688.421,91 kW, aumentando em 154% o número de unidades e 157% sua potência instalada, se comparado ao ano anterior. 
             
Frequentemente, a GD é apresentada abordando-se apenas os benefícios energéticos e de forma superficial. Este trabalho aborda, conceitualmente, a GD em seus diversos aspectos além do energético: o aspecto ambiental, o político-social, o regulamentar, o elétrico e o econômico. A partir desta visão geral,  estudos elétricos foram priorizados, considerando-se a regulação brasileira. 
  
Baseado em estudos de fluxo de potência (convencional e continuado) e de curto-circuito, considerando-se as regulamentações REN 482/2012 e REN 687/2015, foi analisada conexão de GD no sistema teste IEEE-14 barras. 
  
Para a realização dos estudos de curto-circuito e fluxo de potência, foram utilizadas as ferramentas computacionais ANAFAS e ANAREDE,  respectivamente, da Eletrobras Cepel. Estes estudos, possibilitaram análises sobre a geração do sistema, perdas, estabilidade de tensão, inversão de fluxo de potência e níveis de curto-circuito. 
  
A partir dos resultados obtidos, foi possível chegar a diversas conclusões sobre os impactos causados pela inserção de GD no sistema e melhorias que podem ser obtidas utilizando-se diferentes configurações de conexões, atendendo à regulação. Dentre estas melhorias, destacam-se a redução das perdas na rede, redução da geração de potência ativa e reativa fornecida pelos geradores e compensadores e melhorias na estabilidade de tensão. Por outro lado, aumento das correntes de curto-circuito e possibilidade de inversão do sentido do fluxo de potência.  

 

 

Professor(es) ou profissionais da FEN-UERJ relacionado(s) com esta notícia


Carlos Aparecido Ferreira,

Depto(s) ou Orgãos da FEN-UERJ relacionado(s) com esta notícia


ele - Depto. de Eng. Elétrica


Avise Um Amigo
Avise um Amigo


Na sua opinião, qual a relevância desta notícia? (1=Pouco relevante, 5=Muito relevante)

1  2  3  4  5  
Não há votos ainda. Seja o primeiro a opinar!


Comente esta notícia

(Para perguntas, verifique acima a forma de contato na notícia)
Seu nome
Seu E-mail (não será divulgado)
Seu comentário
Código de verificação (Repita a sequência abaixo)

Todos os campos são obrigatórios


Regras para comentários:
  • Comentários anônimos serão excluídos;
  • A postagem de comentários com links externos será excluída;
  • Não publicamos denúncias. Nestes casos, você deve encaminhar aos órgãos cabíveis ou indicados na notícia;
  • Comentários que fujam ao teor da matéria serão excluídos;
  • Ofensas e quaisquer outras formas de difamação não serão publicadas;
  • Os autores da notícia não monitoram os comentários, portanto não há garantias que serão lidos e/ou respondidos. Procure a forma de contato na própria notícia

 

Não há comentários ainda.